Receita de Figo Ramy


Receita de Figo Ramy

Ai gente! Tô feliz com essa receita que vocês nem imaginam!

Eu já tinha contado no post do doce de figo o quanto eu era apaixonada por figo ramy quanto eu era criança, um figo em compota fabricado pela Cica, que era uma fábrica de alimentos aqui de Jundiaí onde meu pai trabalhou durante muito tempo. E todo ano no Natal a gente ganhava a cesta de produtos e a lata de figo ramy era a estrela suprema. Como era bom o doce! E era caro né, então era difícil a gente comprá-lo durante o ano. Mas eu lembro muito bem do sabor, daquela lata com os figos bem escuros arrumadinhos e aquela calda grossa no fundo. Acho que junto com o doce de goiaba da minha vó, é o doce da minha infância.

O tempo passou, a Cica fechou (hoje virou um atacadista e eu amo passear lá, tem uma vibe deliciosa o lugar) e o figo ramy parou de ser fabricado porque era muito caro. Envolvia figos no ponto certinho de amadurecimento, então rolava muito descarte. Ainda existem algumas marcas de figo em calda vendidos em latas redondas, mas nada como o original.

Receita de Figo Ramy

Aí que eu fui fazer mimimi no Facebook e minha professora do Sesi (quem mais?) me passou uma receita. Gente. Obviamente não é o mesmo figo porque eu não tenho os tachos de cobre e as estufas – eu não sou uma indústria né? Mas chegou a encher os olhos de água quando eu comi, porque ficou o mais parecido possível pra uma receita feita em casa.

Ingredientes

30 figos firmes e não muito maduros
400g de açúcar cristal

Receita de Figo Ramy

Modo de Preparo

Lave bem os figos e com uma faca bem afiada faça um cortezinho de leve em cada um deles, no lado oposto ao cabinho. Numa panela de inox grande, coloque uma camada de açúcar, uma camada de figos bem arrumadinhos lado a lado, e cubra com açúcar. Se a panela não for muito grande, faça duas camadas de figo, intercaladas com açúcar. Deixe os figos descansarem no açúcar por cerca de 20 minutos para soltarem água.

Leve a panela ao fogo bem baixo, mas bem baixo mesmo. Se você tiver aquelas chapinhas de ferro pra esquentar a comida sem queimar (coisa de vó, sabe?) coloque embaixo da panela. E deixe cozinhar com a panela destampada. Demora horas sim, de vez em quando gire a panela pra calda se espalhar por igual e os figos cozinharem uniformemente. O doce vai estar no ponto quando a calda estiver bem grossa e escura.

Desligue o fogo e espere esfriar para manipular os figos sem quebrar. Pegue pelos cabinhos e arrume um ao lado do outro, como na foto, de preferência num recipiente de vidro esterilizado com água quente. Eu prefiro os figos mais secos, então deixei numa grelha de secar biscoitos pra escorrer a calda de um dia pro outro. Não precisa refrigerar, mas como não tem conservantes não dura lá muito tempo – eu arrisco dizer que dura uns 5 dias, talvez mais.


  Seguir

13 respostas para “Receita de Figo Ramy”

  1. Rosângela Scovini disse:

    Meu Pai também trabalhava lá, numa festa de portas abertas tive a aportunidade de conhecer a linha de produção. Os tachos de cobre, referências da infância, dos doces deliciosos da nossa infância. Tenho o meu e guarda como um preciosidade.
    O doce traz saudades de um tempo bom, meu Pai costuma dizer que a Cica era uma “mãe”. Delícia de doce.

  2. Kika disse:

    <3

  3. Carlos Jorge disse:

    Eu, também, tenho muita saudade, do Figo ramy da Cica. Adoro Figo Ramy. Muito gostoso, uma delicia. Procuro na Internet, mas não encontro. Favor, se souberes, onde encontrar, informe. Agradeço!!

  4. marlene disse:

    carlos jorge! eu vi figo ramy em lata, igual as das goiabadas, em uma loja do frango assado da fernao dias em bragança paulista vindo para sp

  5. Ednalva reis disse:

    Em todos os frango assados tem. Algumas outras paradas de estrada também. Interessante não termos facilidade em encontrar nos hipermercados.

  6. fatima reis disse:

    Nada como aquele doce da Cica! Também lembra minha infância! meu pai tinha uma mercearia no Rio de Janeiro e. pasmem! era mesmo o presente de Natal! Eu adorava! Ainda hoje sempre que encontro esse doce acabo comprando mas é um tanto decepcionante: nada lembra aquele doce escuro, delicioso da Cica!

  7. André Luiz Guimarães Santos disse:

    Oi, vc me fez voltar á infância quando meu avô tinha um armazém em Barra Mansa/RJ e ele vendia as latas do Figo Ramy da Cica. Hummmmm que deliciosa lembrança.
    Vou tentar fazer para apresentá-lo ao meu filho que não conhece o que era uma sobremesa fina, delicada e deliciosa.
    Obrigado mesmo.
    Att.
    André

  8. Kika disse:

    Ahhh que comentário gostoso! <3

  9. Maria Aparecida Paiero disse:

    Pessoal eu trabalhei muitos anos na Cica em São Paulo. Tinha muita saudades do figo Ramy. Comprei várias marcas, inclusive esse do frango assado. Nada a ver. Mas achei uma marca que é igualzinho . A marca é Doces David fone 1140141005. Perguntem onde vendem pq comprei em Serra Negra. Inclusive parece que foi alguém da Cica que deu a receita para o dono da fábrica. Peçam para colocarem a venda na Coopercica. Paguei 26,00 a lata. Vale a pena. Foi o único igual ao nosso Cica.

  10. Kika disse:

    Você tá no grupo de whatsapp da Cica? Lá tavam falando sobre esse doce ontem =)

  11. Rita Pompermaier disse:

    Figo Ramy? No Sito Humaytá! É o melhor que existe!

  12. mirian costa disse:

    por favor, Kika,

    a panela para preparar o figo deve ser tampada? faltou essa informação para cozinheiras de primeira viagem! fico-lhe grata pela resposta

  13. Kika disse:

    Destampada, pra não formar vapor de água

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *