Receita de Risoto de Beterraba e Calabresa

Receita de Risoto de Beterraba e Calabresa

O risoto de beterraba pra mim é uma coisa meio Photoshop, meio inventada pela mídia, como uma maquiagem linda e impecável que você vê no Instagram mas quando tenta fazer em casa fica, no máximo, meia boca.

Bom, meu risoto ficou uma maquiagem meia boca, que quebrou o galho mas vai precisar de muito treino pra ficar com cara de Instagram. E vai ter muito treino sim, porque é bem gostoso. Principalmente porque eu dei um tchans com calabresa ;D

Risoto de Beterraba e Calabresa

Ingredientes

1 xícara (chá) de arroz arbório ou carnaroli
1/2 xícara (chá) de vinho tinto seco
1 beterraba grande
1 cebola roxa picada
1 litro de caldo de legumes
1 fio de azeite
1 gomo de linguiça calabresa
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
sal e pimenta do reino a gosto

Receita de Risoto de Beterraba e Calabresa

Modo de Preparo

Comece colocando a manteiga no congelador – adicionar a manteiga congelada no final do risoto vai deixá-lo mais cremoso.

Ferva o caldo de legumes e deixe no fogão em fogo bem baixinho. Descasque a beterraba e corte-a em quatro pedaços. Coloque para cozinhar por 10 minutos dentro do caldo. Retire, deixe esfriar um poquinho e passe por um processador ou liquidificador até virar um creme. Reserve.

Enquanto a beterraba cozinha, frite a calabresa em pedaços no fio de azeite. Adicione a cebola picada e refogue. Adicione o arroz e refogue sem parar de mexer, até que ele comece a ficar transparente, com o miolinho branco. Adicione o vinho tinto e mexa até o álcool evaporar. Vá adicionando o caldo aos poucos, concha a concha, sem parar de mexer. Adicione duas colheres (sopa) da beterraba processada. Continue adicionando caldo e mexendo até o arroz ficar al dente. Desligue o fogo, coloque a manteiga e mexa bastante pra emulsionar. Tampe a panela e deixe descansar por alguns minutos antes de servir.

Sirva com o mesmo vinho que você usou no preparo (não vai fazer o risoto com vinho vagabundo não, tá?). Rende de 3 a 4 porções, dependendo do tamanho da fome.




  Seguir