Como fazer açúcar de baunilha


Como fazer açúcar de baunilha

O açúcar de baunilha é uma daquelas frescurinhas gostosas de se fazer na cozinha. Algumas receitas pedem esse tipo específico de açúcar, mas ele pode ser usado em qualquer preparação que fica delicioso!

Detalhe que eu aqui fazendo o açúcar errado até encontrar a receita no Prato Fundo.

Açúcar de Baunilha

Ingredientes

600g de açúcar refinado
2 favas de baunilha

Modo de Preparo

Coloque o açúcar num vidro higienizado e seco. Abra as favas no sentido do comprimento, raspe as sementes e acrescente ao açúcar. Corte a casca em 3 pedaços e coloque no meio do açúcar também.

Tampe o pote e deixe descansando por no mínimo dois meses num lugar escuro. O açúcar vai absorver a umidade das favas, que vão ficar bem sequinhas.

Depois desse tempo, penere o açúcar para separar as cascas das favas e bata no liquidificador com um pouco do açúcar, pulsando para não deixar o açúcar muito fino – apenas o suficiente para fazer as cascas da fava ficarem menores. Passe novamente pela peneira e use em receitas que pedem açúcar de baunilha ou açúcar vanille.

As cascas que sobrarem você pode guardar num pote hermeticamente fechado e usar em receitas como panna cotta, ou apenas ferver no seu leite. Só não pode jogar fora baunilha, né?

Nas casas de produtos para confeitaria você encontra o açúcar vanile, um açúcar bem fininho que já vem aromatizado com cheirinho de baunilha artificial. Não é a mesma coisa. É a mesma diferença entre a essência de baunilha que você encontra no supermercado e o extrato de baunilha feito em casa – você usa pras mesmas coisas, mas o natural feito em casa é bem melhor ;D


  Seguir

3 respostas para “Como fazer açúcar de baunilha”

  1. Miriam disse:

    Meu sonho é achar as tais favas pra vender por aqui. Até hoje, só vi em sites gringos!
    Você sabe quanto custa, mais ou menos?

  2. Kika disse:

    Eu pago sempre R$ 10 no Mercadão de São Paulo

  3. Nadson disse:

    Muito boa a dica do liqüidificador (que nao pode ser fraquinho, kkk) depois de um tempo em que a baunilha e o açúcar ficam interagindo durante o período de repouso de 2 semanas. Quando fazemos alguma receita em se faz necessária a fava de baunilha (depois de rasparmos com uma faca o conteúdo da fava), ao invés de descartarmos a casca, geralmente, procuramos colocar no pote aonde acondicionamos o açúcar. Uma alternativa rápida para “aromatizar” o açúcar sem desperdícios das cascas de favas.
    Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *