Receita de Doce de Figo

Receita de Doce de Figo

Update: consegui a receita de figos ramy e ficaram deliciosos! Não que os figos em calda não tenham seu valor, mas recomendo dar uma olhadinha na receita.

Alguém aí lembra do Figo Ramy, aquele doce maravilhoso produzido pela finada Cica? Eram figos inteiros, numa calda grossa, acondicionados numa lata bem juntinhos uns dos outros. O figo era bem escuro, quase preto, tinha um sabor forte e era macio porém bem firme, sem desmanchar.

Gente, eu era apaixonada por aquele doce! A Cica era daqui de Jundiaí, meu pai trabalhava lá – inclusive o nome do doce vem da Vila Rami onde ficava a fábrica. Depois que a Cica faliu, a gente até encontra umas latas de figo rami genérico pra comprar, mas custam caríssimo e não são nem de longe a mesma coisa.

Como a receita original do figo rami também não é das mais simples e precisa de estufa, eu fui no doce de figo simples mesmo. Engraçado que eu não gosto muito de figo fruta, mas adoro o doce.

Comprei figos bem maduros na feira outro dia só pra matar a vontade. Ia seguir a receita que a mulher da banca de frutas me passou, mas achei que iria muito açúcar, então fui fazendo no olhômetro mesmo.

Doce de Figo

Ingredientes

12 figos maduros
200g de açúcar refinado
75ml de cachaça ou rum
um pau de canela
3 cravos

Receita de Doce de Figo

Modo de Preparo

Lave delicadamente os figos e arrume numa panela grande. Acrescente os outros ingredientes e leve ao fogo bem baixinho, com a panela tampada. Os figos vão soltar água e é nessa água que eles vão cozinhar. Vá virando os figos com cuidado dentro da panela pra eles cozinharem por igual. Quando a calda estiver bem grossa, desligue o fogo, tire a canela e o cravo e coloque os figos num vidro esterilizado – lave bem, enxague com água fervente e deixe secar com a boca pra baixo num pano limpo.

Os figos não precisam ser guardados na geladeira, porque vão soltar água e deixar a calda mais rala, mas como eles não levam conservante não é bom deixar guardado durante muito tempo.

Eu gosto muito de compotas mais suaves e não muito doces. Do jeito que me ensinaram essa receita ela levava mais que o dobro de açúcar, e eu acho muito exagero, mas gosto é gosto, se você gostar de uma compota mais doce pode aumentar a quantidade de açúcar.




  Seguir