Receita de Coalhada da Paola Carosella

Semana passada eu falei do livro Todas as Sextas, e a primeira receita que eu fiz foi a coalhada da Paola Carosella.

Ela é diferente da minha coalhada caseira, tanto no modo de preparo quanto no sabor final. O leite em pó e o creme de leite adicionam toda uma nova camada de sabor.

Eu gosto que o modo de preparo já começa assim:

Para fazer esta coalhada serão necessárias pelo menos 36 horas. Algumas coisas na vida demoram um pouco.

E eu amo quando eu acordo inspirada pra encarar essas receitas que demoram dias para ficarem prontas. Nem sempre acontece (aliás, ultimamente tá difícil acordar com disposição até pra fritar ovo), quando eu fiz essa receita estava inspiradíssima.

Só lembrando que, como qualquer iogurte e coalhada, a receita precisa ser feita com leite fresco, porque leite de caixinha não funciona. Leite em pó instantâneo, ou aqueles que já vêm adoçadinhos, também não servem aqui.

Coalhada da Paola Carosella

Ingredientes

1 litro de leite integral fresco
1 colher (sopa) de leite em pó integral
150ml de creme de leite fresco
150g de iogurte natural

Modo de Preparo

Misture o leite e o leite em pó numa panela alta e leve ao fogo até ferver. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar em fogo baixinho até que o volume reduza a um terço do original. Mexa de vez em quando, senão vai ficar uma cascona grossa de leite queimado no fundo e pode amargar a receita. Retire do fogo e deixe a temperatura baixar para 40°C (compra um termômetro culináario, colega. vale a pena).

Quando chegar na temperatura, adicione o creme de leite e o iogurte. Misture co cuidado (lembra da casca no fundo da panela né?) e coloque num frasco de vidro esterilizado. Pra esterilizar o vidro, ferva o vidro e a tampa, de metal, na água quente e deixe secar naturalmente virado com a boca para baixo sobre um pano bem limpo.

Embrulhe o vidro num pano limpo e coloque num lugar seco e escuro – dentro do forno, do forninho elétrico ou num armário. Eu gosto do forninho elétrico. Deixe descansar 24 horas.

Depois desse tempo, vire o líquido do vidro sobre uma peneira forrada com um pano muito, muito limpo. Coloque a peneira sobre uma tigela funda, pro soro escorrer bem. Eu gosto de cobrir a peneira, então encaixo o pano numa vaporeira e uso a tampa dela.

Leve para a geladeira e deixe lá por pelo menos 12 horas. Retire com cuidado do pano e passe pra outro vidro esterilizado. Lave bem o pano em água morna, sem sabão, e coloque novamente a coalhada na peneira por mais 12 horas na geladeira.

Depois desse tempo passe a coalhada pra um vidro e conserve em geladeira. Eu gosto de coalhada com kibe assado, temperada com azeite e sal, ou assim como na foto, com um monte de castanhas, pra comer na hora do lanche.